Mas será? Vinicius estaria zangado com o Real, e o Al Ahli já esfrega as mãos!

Atualizado :

O clube Al-Ahli, da Arábia Saudita, busca contratar o jogador brasileiro Vinícius Júnior com uma oferta substancial de 200 milhões de euros por ano, enquanto se discute um episódio de racismo envolvendo o jogador durante um jogo em Sevilha. Vinícius permanece no Real Madrid, mas a possibilidade de transferência permanece em aberto.

O Al-Ahli, da Arábia Saudita, está planejando a sua próxima temporada e tem a sua atenção voltada para o jogador brasileiro como um possível reforço.

A Liga da Arábia Saudita está aproveitando todas as oportunidades para se aproximar de Vinícius Júnior com o objetivo de contratá-lo para a próxima temporada. Nesta oportunidade, o Al-Ahli se referiu a um incidente racista ocorrido no jogo entre o Sevilla e o Real Madrid, que deixou o brasileiro furioso.

Embora Vinícius ainda não tenha renovado oficialmente o seu contrato com o Real Madrid, a equipe saudita pretende atraí-lo para o Oriente Médio. Sua atual ligação com o Real Madrid termina no final da temporada, e o Al-Ahli está preparando uma proposta de contrato ostensiva.

O Real Madrid não descarta a sua venda, desde que a oferta seja substancial. Durante o verão, um montante de 350 milhões de euros poderia convencer o Real Madrid. Isso seria a transferência mais cara da história do futebol, e se o Al-Ahli fizer uma proposta semelhante, o clube merengue poderá estar disposto a negociar.

Será que ele seguirá os passos de Benzema?

Segundo os rumores atuais, a oferta seria de cerca de 200 milhões de euros por ano para o Brasil. Esse valor é muito próximo daquele que convenceu Karim Benzema a deixar o Real Madrid após 14 temporadas.

O Al-Ahli ocupa a sexta posição na tabela e está a apenas quatro pontos dos lugares que permitem a disputa da Liga dos Campeões da Ásia. Vinícius pode ser a principal aquisição para a próxima temporada, já que o clube busca uma nova oportunidade na taça internacional.

A possibilidade de Vinícius se mudar para o Al-Ahli é bastante baixa, mas a ameaça saudita continua latente. Por enquanto, os torcedores do Real Madrid podem respirar aliviados. Vinícius deverá assinar um novo contrato com o Rei da Europa nas próximas semanas, o que significa que uma das estrelas mais brilhantes do clube não vai a lugar algum.

Um novo episódio de racismo com Vinícius

O episódio de racismo contra Vinícius ocorreu no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, em Sevilha. Um torcedor dos “Blanquirrojos” fez comentários ofensivos durante o jogo contra os brasileiros.

Vinícius, que já teve conflitos anteriores com a torcida do Nervión, se envolveu com o goleiro Nyland em uma tentativa de reiniciar rapidamente o jogo com um escanteio.

O jogador brasileiro empurrou o goleiro, o que levou seus colegas de equipe do Sevilla a intervir em sua defesa. Isso provocou uma briga bem em frente à arquibancada norte, de onde objetos foram arremessados para o gramado. Com Ocampos e Vinícius particularmente perturbados, um espectador fez um gesto ofensivo imitando um macaco durante a briga.

O árbitro De Burgos Bengoechea resolveu a situação com cartões amarelos para Vinícius e Ocampos. Além disso, os seguranças do clube identificaram o rosto do torcedor, agiram imediatamente após esse infeliz incidente e expulsaram o indivíduo do estádio. Além disso, esse torcedor terá que enfrentar um processo judicial por seu comportamento.

“O rosto do racista pode ser visto nas páginas da web, como tantas vezes acontece. Espero que as autoridades espanholas façam o que lhes compete e alterem imediatamente a legislação. Essas pessoas também precisam ser punidas criminalmente. Seria um grande primeiro passo para preparar a Copa do Mundo de 2030. Estou aqui para ajudar”, disse o brasileiro, que deixou claro que este foi o 19º episódio de sua carreira.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 23 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Mas será? Vinicius estaria zangado com o Real, e o Al Ahli já esfrega as mãos!