Mais uma baixa na Casa Branca. Como o Real Madrid vai manter a hegemonia?

Publicado :

O Real Madrid enfrenta um início de temporada tumultuado, com múltiplas lesões de jogadores importantes, incluindo nomes como Ferland Mendy, Daniel Carvajal, Arda Güler, Éder Militão, Thibaut Courtois e Vinicius Jr. Embora tenha havido algumas recuperações, como a de Vinicius Jr. e Carvajal, o clube agora enfrenta a possível ausência de David Alaba e preocupações sobre a gravidade das lesões de Antonio Rüdiger e Arda Güler. O técnico Carlo Ancelotti enfrenta um desafio complicado para montar sua equipe diante de uma agenda lotada, incluindo confrontos importantes na La Liga e na Liga dos Campeões.

Os Merengues vão ter de resolver a sua situação rapidamente.

Este início de temporada tem sido marcado por alguns acidentes para o Real Madrid. Seis jogadores saíram da enfermaria, entre os quais Ferland Mendy, Daniel Carvajal, Arda Güler, Éder Militão, Thibaut Courtois e Vinicius Jr. Apesar das recuperações de Vini, Mendy e Carvajal, o Real Madrid não conseguiu evitar a baixa de mais um jogador e terá de contar com mais um ausente: David Alaba.

O treinador dos merengues, Carlo Ancelotti, falou em conferência de imprensa sobre o estado de alguns jogadores e a possível ausência do austríaco no próximo jogo. Para além disso, Antonio Rüdiger fez soar os alarmes.

Comecemos pelas boas notícias. Recuperámos Mendy e Carvajal. Rüdiger sofreu uma pancada, mas penso que é apenas uma pancada e que vai correr tudo bem. O Alaba tem um problema e penso que não estará disponível para o próximo jogo. Veremos nos próximos dias o que podemos fazer para o jogo de sábado,

explicou o técnico italiano.

 

 

Várias queixas

O polivalente defensor que jogava no Bayern de Munique sentiu um desconforto na parte posterior da coxa, aos 41 minutos do jogo contra o Las Palmas. Apesar da vitória por 2-0, a possibilidade de perder um jogador a mais na zona defensiva arruinou os festejos.

Segundo o MARCA, há muitas dúvidas quanto à gravidade da lesão, mas o atleta não convenceu a equipe médica com a sua argumentação. Portanto, poderá ficar de fora durante três a quatro semanas.

Em seu lugar entrou Lucas Vázquez, que assumiu um papel mais preponderante devido à lesão de Dani Carvajal. No entanto, a presença de Nacho Fernández permitiu um pouco mais de serenidade.

Por outro lado, Arda Güler tinha recuperado da sua lesão no menisco. No entanto, sofreu um desconforto muscular na mesma perna durante o treino. Carletto também falou sobre a sua situação.

Não é azar, ontem (terça-feira) no último treino ele marcou o último gol. Examinaram-no e ele tinha uma pequena lesão. Está triste. Recuperou do problema do menisco. Não é uma coisa muito grave, mas não lhe permitiu estar disponível,

revelou o experiente estrategista.

Segundo o canal COPE, ele estaria fora de campo entre três e quatro semanas. Apesar de ter chegado com grande entusiasmo devido ao seu talento e à sua tenra idade, o jogador turco ainda não estreou com a camisa branca. Ele terá de continuar o seu processo de recuperação.

Uma de cal e outra de areia

Apesar destas duas baixas e da possibilidade de perderem António Rüdiger, recuperaram o peso pesado Vinicius Jr. O brasileiro entrou no lugar de Joselu aos 57′ do jogo anterior e esteve solto na frente.

Sobre a sua recuperação em apenas mês, o treinador mostrou-se grato e falou do aspeto que mostrou em campo.

Veio com muita vontade, muito entusiasmo, queria ajudar a equipe. Ainda lhe falta um pouco depois de um mês, mas está completamente recuperado,

sublinhou.

Outro dos jogadores que regressaram foi Daniel Ceballos, que fez a sua estreia depois de ter sofrido uma lesão no tendão do bíceps femoral direito.

Por esta razão, o treinador pôde fazer descansar Jude Bellingham, um jogador que participou em todos os jogos desde o início. A equipe precisa recuperar a maior parte do seu plantel para poder enfrentar em boa forma esta parte difícil da temporada. Tudo isto se deve às datas FIFA e ao curto espaço de tempo entre os jogos.

 

O Real Madrid e o seu calendário

O Real Madrid vai defrontar o Girona no estádio Municipal de Montilivi, no dia 30 de setembro. Trata-se de um jogo fundamental. Jogam o primeiro e o segundo da competição, de modo que uma vitória o colocaria como líder isolado com 21 pontos.

Na quarta-feira, dia 3 de outubro, a equipe joga com o Nápoles na segunda ronda da Liga dos Campeões. No sábado seguinte, recebe o Osasuna no Santiago Bernabéu e depois dá lugar às seleções nacionais até 21 de outubro, quando visita o Sevilha.

O único aspeto positivo de ter alguns jogadores na enfermaria é o fato de poderem evitar viajar com os seus países. Desta forma, podem descansar para recuperarem a 100% para os desafios que se avizinham.

Acompanhe novidades sobre o Real Madrid no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Mais uma baixa na Casa Branca. Como o Real Madrid vai manter a hegemonia?