Lesão e descarte? A LaLiga teve 17 lesões apenas na 8ª rodada!

LaLiga enfrenta um aumento preocupante de lesões, com 17 jogadores lesionados na 8ª rodada, atribuído ao calendário apertado e à sobrecarga de jogos. O Atlético de Madrid é o mais afetado até agora, com 28 lesões na temporada, enquanto Pep Guardiola destaca a falta de tempo adequado para a preparação dos jogadores.

Na oitava jornada da LaLiga EA Sports, houve um grande número de jogadores que abandonaram o campo com lesões. Pelo menos um jogador retirou-se do jogo devido a lesão em todos os jogos disputados na última rodada. Foram 17 substituições forçadas, sendo que o Almería fez três delas. Rubi perdeu Edgar, Leo Baptistão e Luis Suárez.

Os times têm que lidar com o prejuízo

Doze equipes foram afetadas pelas lesões de seus jogadores, que não conseguiram terminar as partidas. Além do Almería, a Real Sociedad também perdeu dois jogadores. O clube de San Sebastián não tinha nenhum jogador lesionado antes do início da rodada. Osasuna e Valencia também perderam dois jogadores.

Barcelona, Villarreal, Mallorca, Girona, Cádiz, Atlético, Las Palmas e Celta perderam apenas um jogador cada. O Girona teve a má notícia da lesão de Portu contra o Real Madrid, após uma entrada forte de Nacho sobre o espanhol. Na verdade, o Real Madrid ligou para o jogador para se desculpar com ele e com a comissão técnica da equipe.

Jogadores lesionados na 8ª rodada

  • Edgar (Almeria-Granada)
  • Leo Baptistao (Almeria-Granada)
  • Luis Suárez (Almeria-Granada)
  • Raphinha (Barcelona-Sevilha)
  • Foyth (Getafe-Villarreal)
  • Jaume Costa (Rayo Vallecano-Mallorca)
  • Cristian Portu (Girona-Real Madrid)
  • Tierney (Real Sociedad-Athletic)
  • Robin Le Normand (Real Sociedad-Athletic)
  • Mojica (Alavés-Osasuna)
  • Sergio Herrera (Alavés-Osasuna)
  • Fali (Atlético-Cádiz)
  • César Azpilicueta (Atlético-Cádiz)
  • Pepelu (Betis-Valência)
  • Diakhaby (Betis-Valência)
  • Araújo (Las Palmas-Celta)
  • Fran Beltrán (Las Palmas-Celta)

O calendário está pressionando os times

A alta carga de jogos está cobrando seu preço das equipes. Na Espanha, os jogos foram disputados consecutivamente de terça-feira, 26 de setembro, até domingo, 1 de outubro. É possível que as lesões estejam relacionadas ao desgaste dos jogadores em seus clubes.

Os treinadores da LaLiga costumam ser cuidadosos com essas rodadas de meio de semana, mas desta vez a rotação não os salvou. Robin Le Normand, jogador da Real Sociedad, comentou sobre a quantidade de jogos no calendário:

“O calendário é brutal. Muitos de nós também jogamos pela seleção, o que gera uma pressão extra, representar o país é uma grande responsabilidade. O corpo tem seus limites, e hoje me levou até o minuto 70”,

comentou o jogador afetado nesta rodada.

O Atlético de Madrid foi o time mais afetado até agora nesta temporada. Antes do início da rodada de meio de semana, a LaLiga acumulava 134 lesões desde o início da pré-temporada, distribuídas entre 119 jogadores. O time de Cholo soma 28 lesões, mostrando o quão difícil foi a rodada anterior.

Das 134 lesões, 90 foram musculares e não causadas por trauma. O corpo dos jogadores está sendo levado ao limite, como evidenciado pela maratona de jogos no final de setembro.

A teoria de Guardiola ganha força

Pep Guardiola reclamou do calendário. O espanhol expressou o quanto o início da temporada foi desgastante para os jogadores. Muitos deles perderão o restante da temporada devido a lesões nos ligamentos cruzados. Um deles é seu jogador Kevin De Bruyne, que ficará de fora por quatro meses.

Os calendários estão mais apertados, e os treinadores não têm espaço para uma pré-temporada adequada.

“Na minha primeira pré-temporada, tive 25 dias para me preparar para o meu primeiro jogo oficial. Agora, eles te dão quatro dias, cinco dias… e no final, veja quantos casos de ligamentos cruzados temos. Eles nos fazem viajar para a Ásia ou os Estados Unidos para jogos muito intensos ou clássicos… e os jogadores acabam se machucando. E isso vai continuar acontecendo”,

comentou Pep.

Os jogadores caem, mas os jogos devem continuar. O futebol não para, mesmo com as lesões que surgem pelo caminho.

“O show deve continuar, e se Thibaut Courtois não estiver disponível, outro jogador entrará, não é? E se Éder Militão não estiver, haverá outro. E se Kevin de Bruyne não estiver, também haverá outro”,

concluiu.

Acompanhe notícias no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Lesão e descarte? A LaLiga teve 17 lesões apenas na 8ª rodada!