Ele vai voltar à equipe: Manchester United reconvoca Antony

Publicado :

O atacante brasileiro Antony, do Manchester United, está liberado para treinar e jogar pelo clube após colaborar com as investigações relacionadas às alegações de violência doméstica das quais foi acusado. O jogador ficou afastado por 19 dias e sua ausência também o excluiu da seleção brasileira nas eliminatórias sul-americanas. O clube e o jogador negam as acusações de violência, com o Manchester United condenando tais atos e reconhecendo o impacto nas vítimas de abuso. Antony não estará disponível para o jogo contra o Crystal Palace, mas retornará aos treinos com o time após o jogo.

O atacante terá de esperar mais um pouco para regressar ao United

Na sexta-feira, 29 de setembro, o Manchester United emitiu um comunicado sobre Antony. No texto publicado, o clube afirma que o brasileiro poderá treinar e jogar pelo clube, após os interrogatórios relacionados às alegações dos casos de violência doméstica dos quais foi acusado nos últimos meses.

O fato de o jogador ter colaborado com a polícia de São Paulo no andamento das investigações, assim como com a polícia de Manchester, deixou o clube numa posição em que podia decidir o seu futuro.

“Como empregador de Antony, o clube decidiu que ele deveria regressar aos treinos em Carrington e estar disponível para jogar enquanto as investigações policiais prosseguem. Esta decisão será mantida sob análise enquanto se aguarda a evolução do caso.”

escreveu a equipe no comunicado oficial.

Afastado e desprestigiado

Antony ficou 19 dias sem treinar com o Manchester United. A alegação de abuso sexual e violência doméstica também o deixaram de fora da seleção brasileira. Ele não estava na Bolívia e no Peru para as primeiras rodadas das eliminatórias sul-americanas.

A decisão de se afastar das atividades do clube foi por uma consenso entre as duas partes, como escreveu Antony na sua declaração, após as denúncias feitas por Gabriela Cavallin.

Da mesma forma, os ‘Red Devils’ mantêm a sua posição de negar qualquer ato de violência contra os seus jogadores, afirmando que as investigações e a justiça revelarão toda a verdade:

“Como clube, condenamos todos os atos de violência e abuso. Compreendemos a importância de preservar todas as pessoas envolvidas nesta situação e reconhecemos o impacto que estas alegações podem ter nos sobreviventes de abusos.”

encerrou o comunicado.

Antony, uma parte importante do ataque de Ten Hag

O holandês Erik ten Hag vai ter um descanso com o regresso do brasileiro. Apesar disso, o atacante de 23 anos ainda não fará parte da equipe que vai enfrentar o Crystal Palace na Sétima rodada da Premier League. O jogador não treinará em Carrington na sexta-feira, mas estará disponível para trabalhar no clube após isso.

O treinador comentou que ele vai voltar a treinar no sábado, depois do jogo com o Palace. “Acho que ele está em forma”, disse o treinador sobre o regresso do brasileiro.

Substitutos, nenhum à altura

Enquanto esteve de fora, Facundo Pellistri assumiu o controle da sua posição. Também jogou Scott McTominay e Aníbal Mejbri, que não estavam na sua posição natural. Bruno Fernandes chegou mesmo a jogar no lado do brasileiro.

O último jogo de Antony foi na derrota por 3×1 para o Arsenal, no início de setembro. Depois, tomou falta nos jogos contra Brighton, Bayern de Munique, Burnley e Crystal Palace, este na Taça da Liga. Duas vitórias e duas derrotas foi o registro do United sem o atacante

Até à data presente, na Premier League, possui quatro jogos, todos como titular. Acumula um cartão amarelo, que foi contra o Tottenham, e uma classificação de 7,26, segundo o FotMob.

Acompanhe novidades do Manchester United no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 17 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Inglaterra > Premier League > Ele vai voltar à equipe: Manchester United reconvoca Antony