O presente e futuro do futebol: conheça 10 melhores jogadores da década de 2020

Quer saber quem são os jogadores destacados da década de 2020? O Esporte e Mídia elaborou esta lista com a história e os títulos conquistados pelos 10 melhores jogadores de futebol de nossa época.

Messi e Cristiano Ronaldo marcaram época, mas uma nova geração de craques pede passagem. O Esporte e Mídia fez essa lista com muito carinho com os 10 melhores jogadores de futebol da década de 2020. Conheça também a história deles e os grandes títulos alcançados em suas carreiras.

 

Estes são os 10 melhores jogadores de futebol da década de 2020.

10. Marc André Ter Stegen (Barcelona)

melhores jogadores de futebol da década de 2020

O goleiro titular do Barcelona nasceu em 30 de abril de 1992 na Alemanha. Sua carreira começou no Borussia, onde jogou até julho de 2014. O Barcelona adquiriu seu passe por 12 milhões de euros, mas seu valor de mercado atual é de 35 milhões.

Com a camisa Culé, ele foi campeão da Liga dos Campeões 2014-15, cinco vezes LaLiga, um Mundial de Clubes, uma Supercopa da Europa, cinco Copas do Rei, três Supercopas da Espanha, entre outros títulos.

Ter Stegen é a espinha dorsal do Barcelona e responsável por proteger sua meta. Ao longo de sua carreira, ele jogou 593 partidas como titular, sofreu 562 gols e conseguiu 241 jogos sem sofrer gols.

Nos planos recentes do goleiro está levar o Barcelona a novos títulos, já que ele assinou contrato por mais três anos com os Culés.

9. Kevin De Bruyne (Manchester City)

melhores jogadores de futebol da década de 2020

Kevin De Bruyne é outra grande estrela do Manchester City. O meio-campista ofensivo nasceu em 28 de junho de 1991 na Bélgica e se formou nas categorias de base do KVV Drongen, KAA Gent e KRC Genk. Em janeiro de 2012, ele assinou com o Chelsea por 8 milhões de euros, sendo emprestado ao Genk e ao Werder Bremen.

Em janeiro de 2014, ele foi para o Wolfsburgo por 22 milhões de euros, até que em agosto de 2015 o Manchester City adquiriu seu passe desembolsando 76 milhões de euros.

Ao longo de sua carreira, o meio-campista acumula 578 partidas, 143 gols e 237 assistências. Com 55 cartões amarelos e duas advertências por acúmulo de faltas. Apesar disso, Kevin De Bruyne na temporada atual jogou apenas uma partida como titular com os Cidadãos, devido a uma ruptura no tendão da coxa que o manterá fora do time de Pep Guardiola por alguns meses.

O meio-campista é um dos 10 melhores jogadores de futebol da década de 2020 e também contribuiu para a vitória do Manchester City na Liga dos Campeões de 2022-23. Além disso, é cinco vezes campeão da Inglaterra, uma Supercopa da Europa, uma FA Cup da Inglaterra, uma Copa da Alemanha, entre outros títulos.

8. Achraf Hakimi (Paris Saint-Germain)

Nascido em 4 de novembro de 1998 em Madrid, mas com ascendência marroquina. Sua formação no futebol começou no Colonia Ofigevi e no Real Madrid. Embora tenha passado também pelo RM Castilla, Borussia Dortmund e Inter antes de chegar ao PSG em julho de 2021.

Os parisienses adquiriram o passe de Achraf Hakimi por 68 milhões de euros e ele é atualmente considerado o melhor lateral direito. Ele acumula 273 partidas como titular, 38 gols, 55 assistências, 45 cartões amarelos, duas advertências por acúmulo e três cartões vermelhos.

Achraf Hakimi venceu a Liga dos Campeões com os Merengues, mas também é campeão do Mundial de Clubes, duas Ligue 1, uma Serie A, uma Supercopa da Europa, uma Supercopa da Alemanha, uma Supercopa da Espanha, uma Supercopa da França e duas vezes Melhor Jogador do Ano em Marrocos.

Apesar das boas atuações de Achraf Hakimi, o lateral direito foi acusado de agressão sexual, que, de acordo com o depoimento da vítima, ocorreu em 25 de fevereiro na residência do jogador. Essa situação custou seu casamento com a atriz Hiba Abouk, mãe de seus filhos.

7. Thibaut Courtois (Real Madrid)

melhores jogadores de futebol da década de 2020

Thibaut Courtois se destaca como o melhor goleiro entre os melhores jogadores de futebol da década de 2020. Nasceu em 11 de maio de 1992 na Bélgica e começou nas categorias de base do Bilzen VV e KRC Genk. Em julho de 2011, foi para o Chelsea, que o comprou por 8,95 milhões de euros.

No entanto, nessa mesma temporada, ele estreou na La Liga ao ser emprestado ao Atlético de Madrid por 1,2 milhão de euros até junho de 2024. Retornou à Premier League em 2014, jogando lá até 2018. Foi contratado pelo Real Madrid, que desembolsou 35 milhões por seus direitos esportivos em agosto de 2018.

Sua defesa do gol foi fundamental para que os Blancos vencessem a Liga dos Campeões 2021-22, dois Mundiais de Clubes, duas LaLiga, uma Supercopa da Europa, uma Copa do Rei e duas Supercopas da Espanha. No entanto, o goleiro também conquistou outros títulos com o Atlético de Madrid, Chelsea e KRC Genk.

O jogador acumula 583 participações como titular ao longo de sua carreira. Além disso, Thibaut Courtois alcançou 170 partidas sem sofrer gols, mas levou 406 gols. Disciplinarmente, o goleiro cometeu apenas 20 faltas amarelas e recebeu três vermelhas.

Atualmente, o muro dos Merengues está ausente devido a uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. O acidente ocorreu na pré-temporada, e ele teve que passar por uma cirurgia. O goleiro ficará fora por pelo menos seis a oito meses.

 

6. Jude Bellingham (Real Madrid)

O meio-campista nasceu em 29 de junho de 2003 na Inglaterra. Iniciou sua formação no Stourbridge Juniors e no Birmingham City. Em julho de 2020, assinou com o Borussia Dortmund e partiu para a Bundesliga por 30,15 milhões de euros. No entanto, três temporadas depois, ele assinou com o Real Madrid, que pagou 103 milhões por seu passe.

Jude Bellingham, aos 20 anos, acumula 14.425 minutos de jogo em 191 jogos como titular. Além disso, marcou 41 gols, deu 30 assistências, recebeu 41 cartões amarelos, e uma dessas resultou em vermelho por acúmulo.

Tanto na La Liga quanto na Bundesliga, o inglês se destaca por ser um meio-campista com faro de gol e por sua velocidade. No entanto, com a camisa Merengue na temporada 2023-24, ele somou 14 titularidades com 13 gols marcados e três assistências.

Quanto ao palmarés de Jude Bellingham, inclui a Copa da Alemanha 2021-21, Melhor Jogador de Futebol da temporada 2022-23 e Jogador da Temporada 2023 na Alemanha. Apesar de não ter conquistado nenhum título com os Blancos, seu potencial poderia torná-lo um dos melhores jogadores de reposição no Real Madrid nos próximos anos.

5. Alphonso Davies (Bayern de Munique)

melhores jogadores de futebol da década de 2020

Alphonso Davies é um lateral esquerdo nascido em 2 de novembro de 2000 em Gana, mas com nacionalidade canadense e americana. Sua formação começou no Edmonton Internationals, Edmonton Strikers e no Vancouver Whitecaps. Além disso, foi com esse último time que estreou na MLS.

O Bayern de Munique adquiriu seu passe em janeiro de 2019, e suas atuações o tornaram digno de ser um dos melhores jogadores de futebol da década de 2020. Atualmente, ele acumula 271 partidas como titular, 22 gols, 44 assistências, 19 cartões amarelos, um vermelho por acúmulo e um cartão vermelho.

As características do jogador incluem sua extrema velocidade em campo e sua habilidade de driblar como lateral esquerdo. No entanto, ele também possui um potencial ofensivo demonstrado em seus confrontos. Suas habilidades contribuíram para a conquista de títulos como a Liga dos Campeões 2019-20, um Mundial de Clubes, cinco Bundesligas, uma Supercopa da Europa, duas Copas da Alemanha, entre outras competições.

Seu contrato expira em junho de 2025, embora em diferentes mídias afirmem que Alphonso Davies estaria prestes a assinar com o Real Madrid, em vez de continuar no clube bávaro.

4. Rúben Dias (Manchester City)

Nascido em 14 de maio de 1997 em Amadora, Portugal, o zagueiro central foi formado no clube juvenil CF Estrela de Amadora e depois passou para a academia do Benfica até chegar à equipe principal em 2017. Lá, jogou por três temporadas até que o Manchester City o tornou internacional.

A equipe de Pep Guardiola desembolsou 71,6 milhões de euros por sua contratação em setembro de 2020. Atualmente, na Inglaterra, ele conquistou uma Liga dos Campeões, três Premier League, uma Supercopa da Europa, uma FA Cup da Inglaterra e uma Copa da Liga da Inglaterra.

Embora também tenha sido campeão de Portugal na temporada 2018-19 e vencedor da Portugiesischer Superpokalsieger em 2020 com o Benfica. Da mesma forma, com sua seleção, conquistou a UEFA Nations League.

Em sua última Liga dos Campeões, Rúben Dias pôde mostrar todo o seu potencial. Apesar dos gols terem sido marcados por Erling Haaland, a atuação do português na defesa foi vital para que o Manchester finalmente se tornasse o campeão dos campeões.

Atualmente, Rúben Dias acumula 354 titularidades em sua carreira e marcou 16 gols. Além disso, contribuiu com 13 assistências, recebeu 71 cartões amarelos, dois dos quais se converteram em vermelhos, e foi expulso duas vezes por cartões vermelhos.

3. Erling Haaland (Manchester City)

melhores jogadores de futebol da década de 2020

Erling Haaland nasceu na Inglaterra em 21 de julho de 2000, mas tem nacionalidade norueguesa. Iniciou sua carreira no clube juvenil Bryne FK, mas logo se transferiu para a equipe principal e depois para o Molde da Noruega por 100 euros. Em janeiro de 2019, o RB Salzburgo comprou seus direitos esportivos por 8 milhões de euros, e um ano depois, o Borussia Dortmund pagou 20 milhões por ele.

Por fim, em 1 de julho de 2022, assinou com o Manchester City. A transferência do centroavante custou 60 milhões de euros à equipe da Premier League. Um ano e alguns meses depois, o jogador triplicou esse valor no mercado atual e continua em ascensão.

O jogador de 23 anos foi premiado como o Melhor Jogador na Europa pela UEFA em 2023, graças às suas atuações pelo Manchester City.

Além disso, ele é cinco vezes vencedor do Jogador do Ano, seis vezes Máximo Goleador, duas vezes Jogador da Temporada, uma Liga dos Campeões, uma Premier League, uma Supercopa da Europa, uma FA Cup da Inglaterra, uma Copa da Alemanha, uma Bundesliga austríaca e uma Copa da Áustria.

Atualmente, Erling Haaland acumula 254 partidas como titular e marcou 204 gols. Também contribuiu com 49 assistências e recebeu 23 cartões amarelos. Além disso, tem contrato com o Manchester City até 2027, mas recentemente os rumores o ligam ao Real Madrid.

A capacidade de marcar gols e a visão de jogo do norueguês o tornaram um dos melhores jogadores de futebol da década de 2020.

2. Vinicius Jr. (Real Madrid)

O brasileiro do Rio de Janeiro nasceu em 12 de julho de 2000. Ele foi formado nas categorias de base do Flamengo, até que o Real Madrid o contratou em julho de 2008 para torná-lo internacional. Os Merengues pagaram 45 milhões de euros na época, mas atualmente o atacante atinge um valor de mercado de 150 milhões, segundo o Transfermarkt.

Carlo Ancelotti o chamou de melhor jogador do mundo. Além disso, o atacante se destaca por seu talento para marcar gols, suas comemorações dançantes e sua luta contra o racismo no futebol.

O palmarés de Vinicius Jr inclui uma Liga dos Campeões na temporada 2021-22, duas Copas do Mundo de Clubes, duas La Liga, uma Supercopa da Europa, uma Copa do Rei, duas Supercopas da Espanha, um Sul-Americano Sub-15, um Sul-Americano Sub-17 e um Artilheiro Máximo na temporada 2016-17.

Vinicius José Paixão de Oliveira é um dos melhores jogadores de futebol da década de 2020 e atualmente acumula 292 partidas. Além disso, marcou 79 gols, distribuiu 73 assistências, recebeu 46 cartões amarelos, um vermelho por acumulação de faltas e um cartão vermelho.

1. Kylian Mbappé (Paris Saint Germain)

melhores jogadores de futebol da década de 2020

Kylian Mbappé nasceu em 20 de dezembro de 1998 em Paris, França. Iniciou sua formação nas categorias de base do Bondy, Clairefontaine e Monaco. No entanto, foi este último clube que lhe permitiu se destacar no Paris Saint-Germain, quando saiu por empréstimo em agosto de 2017.

No entanto, a equipe parisiense viu algo no jogador de ascendência camaronense. Por esse motivo, ao término de seu empréstimo, o PSG adquiriu o jogador em 1 de janeiro de 2018. O clube da capital francesa desembolsou 180 milhões de euros pelo que mais tarde se tornaria o melhor jogador da década de 2020.

A contribuição de Mbappé cmo atacante foi fundamental para marcar gols no Paris Saint-Germain. Desde que veste a camisa parisiense, conquistou três vezes a Supercopa da França, duas vezes a Copa da Liga da França, três vezes a Copa da França, seis vezes a Ligue 1, o Melhor Jogador da temporada 2018-19 no PSG e o da Ligue 1 2022-23.

Além disso, ele é quatro vezes Jogador da Temporada na França e foi artilheiro em 10 ocasiões em diversas competições internacionais. Por outro lado, Kylian Mbappé era um dos favoritos para o prêmio de Bola de Ouro na gala de 2023. No entanto, ficou em terceiro lugar, atrás de Erling Haaland e do vencedor Lionel Messi.

Na última temporada, o atacante marcou 41 gols em 43 jogos. Além disso, contribuiu com 10 assistências e recebeu 6 cartões amarelos.

Estatísticas dos 10 melhores jogadores de futebol da década de 2020

Número Jogador Equipe atual Jogos Gols
1 Kylian Mbappé Paris Saint Germain 340 259
2 Vinicius Jr. Real Madrid 292 79
3 Erling Haaland Manchester City 254 204
4 Ruben Dias Manchester City 354 16
5 Alphonso Davies Bayern de Munique 271 22
6 Jude Bellingham Real Madrid 191 41
7 Thibaut Courtois Real Madrid 583 0
8 Achraf Hakimi Paris Saint Germain 273 38
9 Kevin De Bruyne Manchester City 587 237
10 Marc Andre Ter Stegen Barcelona 593 0

 

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

tops

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 26 de Fevereiro 2024

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > O presente e futuro do futebol: conheça 10 melhores jogadores da década de 2020