Camisas usadas por Messi na Copa do Mundo vão a leilão e o valor final impressiona!

Seis camisas usadas por Lionel Messi na Copa do Mundo de 2022 foram leiloadas pela Sotheby's por 7,8 milhões de euros, após duas semanas de ofertas. Messi não alcançou a estimativa inicial de 10 milhões de euros, logo, não quebrou recordes anteriores, como o de Michael Jordan e Diego Maradona. Parte do dinheiro arrecadado será doado ao projeto ÚNICAS do Hospital Pediátrico Sant Joan de Déu, em Barcelona.

As camisetas que Messi usou durante a Copa do Mundo de 2022, no Catar, foram leiloadas e vendidas por quase 8 milhões de euros. A Sotheby’s, empresa de Nova York responsável pelo leilão, anunciou que as seis camisetas do astro argentino foram vendidas por um total de 7,8 milhões de euros.

A disputa para vestir o uniforme do campeão do mundo começou em 30 de novembro. Após duas semanas de várias ofertas e possíveis compradores, o encerramento do leilão ocorreu nesta quinta-feira, 14 de dezembro.

Messi utilizou as camisas durante a derrota contra a Arábia Saudita e a vitória sobre o México na fase de grupos, além dos jogos decisivos nas quartas de final contra os Países Baixos, na semifinal contra a Croácia e na tão sofrida final contra a França, na qual levantaram a taça pela terceira vez em toda a história da seleção.

Cada uma delas possui características especiais que confirmam a autenticidade da albiceleste, sendo que a camiseta alternativa do argentino não estava incluída na coleção.

MESSI NÃO ALCANÇOU UM NOVO RECORDE

A estimativa para a venda das camisetas era de 10 milhões de euros. No entanto, durante o leilão, não houve nenhum licitante que oferecesse essa quantia. Esperava-se que as camisas de Messi estabelecessem um novo recorde nas mais valiosas subastas esportivas da história, podendo superar Michael Jordan com seu jersey usado nas finais da NBA contra o Chicago Bulls em 1998, avaliado em 10,1 milhões de dólares. Mas isso não aconteceu.

O astro rosarino também não conseguiu superar a lenda Diego Armando Maradona. Em 2022, a camiseta que ele usou na Copa de 1986 foi vendida por 9 milhões de dólares em Londres. Apesar de não ter atingido a meta, a Sotheby’s afirmou que as camisas de Lionel Messi são símbolos da vitória e perseverança do jogador em cada um de seus jogos. Além de lembrar sua trajetória e a marca indelével que ele deixará no mundo do futebol, após todos os títulos conquistados em sua carreira profissional.

Recentemente, Messi foi indicado ao prêmio The Best, depois de tê-lo vencido no ano anterior por sua excelente atuação na Copa do Mundo.

“São artefatos do legado de Messi. Simbolizam o ponto culminante de uma carreira repleta de trabalho árduo e uma paixão eterna pelo esporte. A jornada de Messi na Copa do Mundo de 2022 foi mais do que vencer; tratava-se de inspirar gerações de jogadores e fãs”, afirmou a Sotheby’s.

Parte do dinheiro arrecadado será doado ao projeto ÚNICAS do Hospital Pediátrico Sant Joan de Déu, na cidade de Barcelona.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol de Seleções > Seleção Argentina > Camisas usadas por Messi na Copa do Mundo vão a leilão e o valor final impressiona!